Amadora inaugura “Cubo ODS” e reforça compromisso com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

Amadora inaugura “Cubo ODS” e reforça compromisso com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

A cerimónia de inauguração do “Cubo ODS” – uma instalação patente no Parque Central da Amadora – decorreu no 27 de outubro e contou com a presença da Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, Teresa Ribeiro, do Vereador da Câmara Municipal da Amadora, Agostinho Marques e do Administrador Executivo do IMVF, Jorge Morais.

Esta iniciativa enquadra-se na campanha Rumo a 2030 implementada pelo IMVF e pela Câmara Municipal de Oeiras com o financiamento do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. Esta campanha assume o compromisso da Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento (RICD) para cumprir a Agenda 2030: Transformar o nosso mundo e, assim, contribuir para um mundo mais justo, digno, inclusivo e sustentável.  

O município da Amadora – membro fundador RICD –, consciente dos desafios atuais, tem adotado um conjunto de medidas nas áreas da justiça social, desenvolvimento sustentável, respeito pela diversidade cultural e economia inclusiva, valorizando a importância da concretização da Agenda 2030 e empenhando-se na mobilização dos seus munícipes e da comunidade em geral para a ação em prol da concretização dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O Vereador Agostinho Marques realça a importância de dar visibilidade aos ODS e à Agenda 2030 das Nações Unidas.

“Passámos do interior – porque este tema já está incorporado nas políticas municipais – para o exterior. Achamos que este cubo outdoor é extremamente importante para as pessoas se questionarem, pois, o cubo questiona as pessoas e as pessoas questionam-se a elas próprias na forma como se situam perante os ODS”.

A Secretária de Estado Teresa Ribeiro destaca a educação, as questões de género, os oceanos, e as questões relacionadas com a indústria, a modernização e a inovação como prioritárias no seio da Agenda 2030. E afirma.

“Assinalámos esses Objetivos como sendo os Objetivos prioritários, justamente porque entendíamos que eles deviam ser de alguma forma sublinhados no conjunto dos 17 Objetivos.” E deixa o apelo. “É preciso que todos se envolvam, se queremos ter um mundo mais igual, um mundo melhor, um mundo mais sustentável e, no fundo, um mundo que garanta um futuro quer para as gerações que aqui estão, quer para aquelas que amanhã lhes sucederão”.

O Administrador Executivo do IMVF, Jorge Morais considera que se passou da teoria à prática.  

“Nos últimos anos temos notado que efetivamente as pessoas e entidades estão a perceber melhor o que são os vários Objetivos e em que é que se concretizam, e uma fase que está a ser muito importante neste momento, nomeadamente com a Amadora, é de facto mapear, ou seja, daquilo que cada um de nós já faz a nível do trabalho do município, já conseguimos dizer em que ODS está inserido e é mais fácil perceber o que é que o cada ODS significa e em que estado é que estamos.”

A Agenda 2030 é um plano de ação para um futuro sustentável para todas e todos, assente em 17 Objetivos alicerçados em 169 metas, cuja concretização se baseia na responsabilidade partilhada pelos vários atores a nível nacional, regional e local, tendo como objetivo a erradicação da pobreza em todas as suas formas e dimensões, bem como alcançar o desenvolvimento sustentável ao nível económico, social e ambiental, de forma equilibrada e integrada.

O Cubo ODS pode ser visto no Parque Central da Amadora: Av. Cardoso Lopes – Mina de Água. Ref. GPS: 38.759610, -9.234563

Veja também a Reportagem da TVAmadora aqui.

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial